fbpx
iniciando SQL

Iniciando SQL

Ingressei em um treinamento para a área de desenvolvimento em TI, onde vou passar por diversas áreas por dois meses onde no terceiro mês serei alocado na área que melhor me adaptar.

Agora entrando na segunda semana de treinamento, estou tendo contato com o banco de dados em SQL onde estou iniciando os estudos.

Achei interessante criar um artigo onde posso inserir minha curva de aprendizado nessa área, principalmente criando um passo a passo dos comandos para quem está iniciando como eu.

O primeiro passo que fiz foi instalar o programa para trabalhar com o SQL, que no caso foi o Microsoft SQL Server Management Studio 18 que é o aplicativo que estou trabalhando em meu treinamento na empresa.

iniciando SQL

Para acessar é simples, basta acessar o modo default sendo hosteado pelo próprio PC, assim se entra no programa, e para abrir o console para executar os comandos, clique no botão na barra de tarefas New Query.

iniciando SQL
iniciando SQL
iniciando SQL

Para exemplificarmos melhor com exemplos práticos da utilização dos códigos vou utilizar o problema do Uri Online Judge , Uri 2602.

Para isso, vamos utilizar 3 dos subgrupos da linguagem SQL.

DDL ( Data Definition Language ) ‘Linguagem de Definição de Dados’

Esses comandos se referem a construção da estrutura do sistema, são eles que vamos poder criar, alterar, excluir tabelas, elementos e até mesmo o banco de dados.

CREATE: cria um banco de dados, tabela e outros objetos em um banco de dados;

ALTER: altera a estrutura de tabelas ou outro objeto em um banco de dados;

DROP: apaga banco de dados, tabela e outros objetos em um banco de dados.

DML ( Data Manipulation Language ) ‘Linguagem de Manipulação de Dados’

São comandos para se trabalhar com o conteúdo das tabelas.

INSERT: insere um dado em uma tabela existente;

UPDATE: altera valores de dados de uma tabela;

DELETE: remove dados de uma tabela.

DQL ( Data Query Language ) ‘Linguagem de Consulta de Dados’

É o comando para pegar os dados para serem mostrados.

SELECT: realiza consultas no banco de dados.

COLOCANDO EM PRÁTICA:

URI Online Judge SQL | 2602

EXERCÍCIO

Sua empresa está fazendo um levantamento de quantos clientes estão cadastrados nos estados, porém, faltou levantar os dados do estado do Rio Grande do Sul.

Então você deve Exibir o nome de todos os clientes cujo estado seja ‘RS’.

iniciando SQL
iniciando SQL
iniciando SQL

Então o exercício quer que mostremos todos os nomes das pessoas que moram no estado de ‘RS”.

Para isso vamos iniciar criando as tabelas assim colocamos nosso conhecimento inicial em prática.

1º PASSO

Então o exercício quer que mostremos todos os nomes das pessoas que moram no estado de ‘RS”.

Para isso vamos iniciar criando as tabelas assim colocamos nosso conhecimento inicial em prática.

iniciando SQL
iniciando SQL
iniciando SQL

No banco precisamos escrever a linha de código marcar, no caso selecionar a linha e apenas depois de estar selecionada se executa o botão de execute ou basta apertar F5.

Caso de sucesso, aparecerá logo abaixo no console a mensagem de sucesso.

iniciando SQL

Para verificar se o banco foi criado, na sua lateral esquerda, dentro da pasta ‘database’ será criado o banco, normalmente é necessário atualizar a pasta, é simples, basta selecionar a pasta e apertar o botão de refresh, na barra de tarefas logo acima.

iniciando SQL
iniciando SQL
iniciando SQL

Assim que verifica que foi criado, é necessário que acesse o banco, utilizando o comando ‘use’ podemos acessar o banco, não esquecendo de executar apenas depois de selecionado.

iniciando SQL
iniciando SQL
iniciando SQL

Agora com acesso concluído podemos iniciar a construção das tabelas do banco, como foi demonstrado no exercício devemos construir a estrutura da tabela.

iniciando SQL
iniciando SQL

Explicando linha por linha:

1ª Linha: create table nome da tabela ( conteúdo da tabela )

create table customers ( )

PS: todo conteúdo da tabela deve estar dentro do parênteses.

2ª Linha: nome da coluna tipo do dado especificações do dado caso haja

id int not null primary key identity(1,1),

OBS: Sabemos que o nome do atributo é ‘id’ e conforme o desenho tem o (PK) ao seu lado, o que indica que ele tem a característica de ser a chave primária, no caso primary key fazendo assim especificarmos no comando, como foi feito.

Detalhamento:

id (nome da coluna)

int (tipo da coluna, no caso número inteiro)

not null (proibido inserir valor nulo nesse atributo)

primary key identity (atribuindo essa coluna como a chave primária de identificação da tabela)

(1,1) (obriga ao identificador iniciar com o primeiro valor 1 e sempre sendo adicionado +1 quando inserido algum dado novo).

PS: Nunca esqueça que deve ter a vírgula (,) no final do comando, para iniciar o próximo.

3ª 4ª 5ª Linha: nome da coluna tipo do dado especificações do dado caso haja

name varchar(50) not null,

street varchar(50) not null,

city varchar(50) not null,

state varchar(50) not null,

Detalhamento:

name (nome da coluna)

varchar ( tipo da coluna, no caso caractere tipo char)

(50) (limita até 50 caracteres tamanho máximo do dado)

not null (proibido inserir valor nulo nesse atributo)

6ª Linha: nome da coluna tipo do dado especificações do dado caso haja

credit_limit numeric(10,2) not null default 0

credit_limit (nome da coluna)

numeric (tipo da coluna, no caso numérico)

(10,2) (limita que o número será na base 10, com 2 casas após a vírgula)

not null (proibido inserir valor nulo nesse atributo)

default 0 (inicia o valor 0, caso não tenha algum específico)

iniciando SQL
iniciando SQL

TESTANDO

Para verificarmos se deu certo, vamos utilizar o comando SELECT.

iniciando SQL
iniciando SQL
iniciando SQL

Pode ver que foi criado a tabela, sem conteúdo pois não adicionou nada por enquanto, apenas criamos a estrutura da tabela.

Teste concluído com sucesso!

Agora vamos alimentar a tabela com os dados mostrados:

iniciando SQL
iniciando SQL
iniciando SQL

ou

iniciando SQL
iniciando SQL

PS1: A forma de escrever pode ser quebrando linha ou não, vai da sua escolha ou do tamanho do seu monitor;

PS2: Como é um comando só o INSERT + VALUES então não é necessário separá-los por vírgula;

PS3: No valor final, no exemplo da imagem estão separados por vírgula, porém o correto é separados por ponto, caso coloque a vírgula como foi colocado na figura do exercício, caracteriza como separação de outra variável para ser inserida.

Explicando linha por linha

1ª Linha: INSERT nome da coluna ( atributos que irá adicionar na tabela separados por vírgula)

insert customers(name, street, city, state, credit_limit)

Detalhamento:

insert (comando para inserir dados em uma tabela já existente)

customers (nome da coluna)

(name, street, city, state, credit_limit) (linhas que serão adicionados dados)

PS: Pode se verificar que o ‘id’ da tabela não foi inserido, pois como sabemos que ela é a chave primária e adicionamos a opção de adicionar automaticamente (1,1), iniciando em 1, e quando adicionado soma +1, não é necessário atribuirmos valores para o id.

2ª Linha: values ( valores dos atributos a serem inseridos, na mesma ordem que foram adicionados no INSERT)

values (‘Pedro Augusto da Rocha’, ‘Rua Pedro Carlos Hoffman’, ‘Porto Alegre’, ‘RS’, 700.00)

Detalhamento:

values (comando para atribuir os valores nas linhas que foram escolhidas no INSERT)

(‘Pedro Augusto da Rocha’, ‘Rua Pedro Carlos Hoffman’, ‘Porto Alegre’, ‘RS’, 700.00) ( valores dos atributos a serem inseridos, na mesma ordem que foram adicionados no INSERT)

TESTANDO

Para verificarmos se deu certo, vamos utilizar o comando SELECT.

iniciando SQL
iniciando SQL
iniciando SQL

Agora temos a tabela alimentada, onde o id, inicia do 1 e vai somando +1 de acordo com as linhas vão sendo adicionadas.

Teste concluído com sucesso.

Agora vamos realizar o que o exercício foi pedido:

Então você deve Exibir o nome de todos os clientes cujo estado seja ‘RS’.

Utilizando o comando SELECT

iniciando SQL

Explicando linha por linha:

1ª Linha: select atributo from nome da coluna where condição

select name from customers where state = ‘RS’

select (consulta o banco de dados)

name (nome do atributo a ser buscado pelo SELECT)

from (onde está o atributo a ser buscado)

customers (nome da tabela)

where (quando vai ser buscado, qual condição para que seja exibido pelo SELECT)

state = ‘RS’ (condição todos os estados que tenham o valor ‘RS’)

TESTANDO

iniciando SQL
iniciando SQL
iniciando SQL

Comparando com a resposta aguardada do exercício:

iniciando SQL

Teste concluído com sucesso!

PS: A resposta é apenas a coluna que tem nome, a coluna sem nome, no caso aquela na esquerda 1, 2, 3, é apenas uma organização do programa, portanto a resposta é apenas a coluna name.

iniciando SQL

CONCLUSÃO

Podemos assim concluir como é simples e intuitivo trabalhar com o SQL, onde com um pouco de treino o desenvolvimento de construção de tabelas é simples.

Vou deixar agora um formulário que utilizamos para tirar dúvidas, no futuro.

CREATE

create database nome do banco

use nome do banco

create table nome da tabela (

id int not null primary key identity(1,1),

nome do atributo1 varchar(50) not null,

nome do atributo2 date not null,

nome do atributo3 numeric(10,2) not null default 0

)

INSERT

insert nome da tabela ( nome do atributo1, nome do atributo2, nome do atributo3) values ( valor do atributo1, valor do atributo2, valor do atributo3 )

SELECT

select * from nome da tabela

select nome do atributo1 from nome da tabela

Caso tenha dúvidas, estou sempre atualizando meu repositório no github, nos exercícios de SQL além dos algoritmos em geral. estou colocando a montagem completa como fiz nesse tutorial.

Como estou iniciando SQL, a prática é fundamental para memorizar e se tornar algo natural no desenvolvimento de bancos.

marcus rolim

Marcus Rolim

Tutorial dos meus primeiros passos em banco de dados SQL, pela necessidade do treinamento para iniciar na carreira de desenvolvedor.